Veja agora | 2017 um ano histórico na imigração canadense

Onda de frio recorde pode alcançar até – 50ºC no Canadá.
28/12/2017
Aumento dos valores de comprovação financeira para imigrar para o Canadá
11/01/2018
Show all

Veja agora | 2017 um ano histórico na imigração canadense

2017 foi um incrível ano para a imigração canadense.

Milhares de requerentes que querem uma oportunidade na América do Norte e que fogem da incerteza dos Estados Unidos se revelaram, e desde então números recordes foram postados pelo sistema de seleção do Express Entry do Canadá, 2017 viu o sistema de imigração do Canadá funcionou a toda velocidade durante todo o ano como nunca se viu antes.

De muitas maneiras, o Canadá teve um ano muito diferente do seu vizinho continental, os Estados Unidos, onde o presidente Donald Trump falou da imigração como uma ameaça à segurança nacional e ao emprego para os cidadãos americanos.

Entretanto, de seu vizinho, liderado pelo primeiro ministro Justin Trudeau, o Canadá, chega com uma uma filosofia totalmente contrária, promovendo uma mensagem de inclusão e oportunidades, que se desenrolou ao longo do ano nos níveis federal e provincial com grande números de novos residentes no país.

Express Entry

De todas as grandes histórias de imigração, o sistema do Express Entry do Canadá em 2017 entrou para história.

O ano mostrou o verdadeiro potencial do sistema de imigração, que emitiu 86.023 Convites para Candidatura (ITA) aos candidatos em suas três categorias, mais que o dobro dos 33.782 ATIs emitidos em 2016.

* Nota: estes foram ITAs emitidos em sorteios específicos do programa.

Os ITAs são emitidos de acordo com o Comprehensive Ranking System (CRS) do Express Entry, que fornece uma pontuação para candidatos elegíveis com base em critérios que vão desde educação e proficiência em inglês até sua experiência de trabalho.

O aumento acentuado dos ITAs emitidos em 2017 correspondeu a quedas significativas nas pontuações de CRS de corte em relação ao ano anterior, cujo menor índice foi de 453. Enquanto as pontuações de corte mais comuns em 2017 foram de 430 e 440, com mínimos sem precedentes de 415 e 413. Os sorteios específicos para candidatos na Federal Skilled Trades Class em maio e novembro empurraram as pontuações do CRS para 199 e 241, respectivamente.

* Nota: sorteios de 26 de maio e 1 de novembro convidaram apenas candidatos provinciais e candidatos na Federal Skilled Trades Class.

A Contribuição para a queda das pontuações de corte do CRS em 2017 foi um resultado de um trabalho especifico da Immigration, Refugees and Citizenship Canada (IRCC) iniciado em novembro de 2016 que reduziu o número de pontos concedidos para uma oferta de trabalho, para ficar entre 50 e 200, que antes era de 600 . O impacto desta mudança foi evidente nas pontuações de corte para sorteios no primeiro semestre de 2017, que caiu de forma constante de 468 em 4 de janeiro para 415 em abril e, finalmente, 413 em maio.

O IRCC explicou que a redução de pontos para uma oferta de emprego foi realizada para dar mais peso aos chamados fatores de capital humano como educação, linguagem e experiência de trabalho qualificado. Essa ênfase foi aprimorada com a introdução de pontos CRS adicionais para estudos no Canadá, um irmão que vive no Canadá e proficiência em língua francesa.

Descubra se você é elegível para a imigração canadense preenchendo nosso formulário e marcando uma consulta com a nossa consultora de imigração.

Programas de Nomeação Provincial

A segunda grande história de 2017 foi a crescente importância dos Programas de Nomeação Provincial do Canadá , ou PNPs . Esses programas fast-track cada vez mais populares permitem às províncias e territórios participantes nomear um número determinado de imigrantes a cada ano. Em 2017, o governo federal teve um alvo de 51 mil indicações nos vários PNPs do Canadá.

Os governos provinciais e territoriais têm vindo a utilizar esses programas de forma mais eficaz e eficiente nos últimos anos para receber os recém-chegados à sua região. Cada PNP é adaptado às necessidades específicas da província ou do território e permite selecionar candidatos que possam preencher a escassez de mão-de-obra e se instalar rapidamente.

Muitos PNPs contêm pelo menos um fluxo de imigração alinhado com o sistema federal Express Entry, e eles foram especialmente importantes em 2017.

O Ontario Immigrant Nominee Program’s Human Capital Priorities stream foi um grande exemplo. Este fluxo inovador permite que Ontário busque o grupo Express Entry e selecione trabalhadores qualificados com pelo menos 400 pontos no CRS e a educação requerida, experiência profissional, capacidade linguística e outras características para se estabelecer com sucesso na província.

Ontário também introduziu o novo fluxo de operações do Express Entry em maio para direcionar trabalhadores especializados que atendem às necessidades do mercado de trabalho nos setores de construção e agricultura da província.

Os programas alinhados com o Express Entry nas províncias de Saskatchewan e Nova Scotia também foram bastante ativos em 2017. O Express Entry component of Saskatchewan’s International Skilled Worker category abriu em cinco ocasiões em 2017 para um total de 3.200 candidatos que desejavam obter uma indicação provincial. 

Na Costa Leste do Canadá, o Nova Scotia Demand: Express Entry Stream abriu em três ocasiões em 2017. Em cada uma dessas instâncias, o limite de admissão para este fluxo de primeiro atendimento foi alcançado rapidamente e a entrada foi fechada no mesmo dia .

Com os benefícios dos fluxos de PNP alinhados pelo Entrada Express cada vez mais claros a cada ano, não é surpresa que duas das poucas províncias sem um, Alberta e Manitoba, anunciaram em 2017 que estariam apresentando uma opção de alinhamento com o Express Entry em 2018.

Manitoba anunciou a criação do seu Express Entry Pathway como parte de uma revisão geral do programa de indicação de imigrantes da província que foi inaugurado em 15 de novembro . Um mês antes, Alberta apresentou seus planos para uma opção no Express Entry, ao lado de uma simplificação mais geral de seu PNP que deverá entrar em vigor em 2018 .

Atlantic Immigration Pilot Program

As províncias do Atlântico do Canadá também se juntaram ao governo federal para lançar um novo programa de imigração centrado na região, chamado de Atlantic Immigration Pilot Program (AIPP).

Considerando que PNPs abordam as necessidades de mão-de-obra de uma única província ou território, o AIPP é um meio inovador, baseado em região, que envolve as províncias de Nova Scotia, New Brunswick, Prince Edward Island e Newfoundland and Labrador.

As quatro províncias enfrentam desafios trabalhistas e de retenção populacional, que os três programas da AIPP visam abordar. Introduzido em março de 2017, espera- se que o AIPP facilite a entrada de um máximo de 2.000 imigrantes no Canadá atlântico no final do ano.

Reagrupamento familiar

Ajudar as famílias a se reunirem no Canadá é uma prioridade declarada para o atual governo federal que no ano passado viu uma série de mudanças importantes que favorecem este fim.

Em agosto, o IRCC disse que estava em um bom caminho para receber 84 mil novos residentes permanentes selecionados com base em seu relacionamento familiar com um cidadão canadense ou residente permanente. O IRCC disse que isso representa mais de 25% da imigração planejada para o Canadá para 2017 e um aumento de 5% em relação aos níveis de imigração da Classe Familiar de 2016.

Desses 84 mil novos residentes permanentes, 64 mil eram cônjuges, parentes de direito, filhos e 20 mil pais e avós.

A promessa da IRCC de reduzir para metade os tempos de processamento para patrocínios para cônjuges e parceiros de direito comum para 24 a 12 meses ajudou a facilitar o processo de inscrição. Os cônjuges patrocinados e os parceiros de direito comum também se beneficiaram da decisão do IRCC de ampliar a Open Work Permit Pilot  que os deixa trabalhar no Canadá enquanto esperam que seus pedidos sejam processados . Em abril, o governo federal também aboliu o status de residência permanente condicional para cônjuges patrocinados e parceiros de direito comum.

O IRCC também reabriu seu Parents and Grandparents Program (PGP), em 2017 para aceitar 10.000 novos aplicantes. O governo também implementou um novo formulário de interesse para o patrocinador  para agilizar o processo junto com um processo de seleção aleatória para torná-lo mais transparente e justo.

Uma última mudança, mas não menos significativa, nas regras que regem os patrocínios familiares foi a mudança do IRCC em outubro para aumentar a idade dos dependentes de 19 para 22 anos .

Cidadania facilitada

Em outubro, novas regras entraram em vigor para acelerar o processo de transição do status de residente permanente canadense para cidadania canadense. Entre as mudanças, está a nova estipulação de que os residentes permanentes precisam acumular três anos de residência de cinco, em vez de quatro anos fora de seis. Além disso, os residentes permanentes que passaram tempo no Canadá como trabalhador estrangeiro, estudante internacional ou pessoa protegida antes da transição para a residência permanente agora podem contar uma parcela desse tempo em relação aos dias de residência, onde cada dia gasto no Canadá em status temporário conta como meio dia, até um máximo de 365 dias.  

Plano de níveis de vários anos

O IRCC terminou em 2017 com o lançamento do Plano de Imigração com metas de 2018 até 2020 . Lançado pelo ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá, Ahmed Hussen, como “os níveis de imigração mais ambiciosos na história canadense recente”, o plano tem como meta que um milhão de novos imigrantes se instalem no Canadá ao longo de seu período de três anos .

Sob o plano, um alvo de 310 mil novos residentes permanentes se estabelecerá no Canadá em 2018 em todas as categorias de imigração. Este objetivo será aumentado para 330 mil recém-chegados em 2019, com outros 340 mil para se instalar em 2020.

Os alvos previstos no novo plano veriam, o número de imigrantes que receberam residência permanente através das três categorias do Express Entry aumenta em quase 20% em relação a 2017, passando de 71,000 para 85,8 mil em 2020. Os objetivos de programas de nomeação provincial também aumentariam em 32% e os alvos para os imigrantes da classe familiar aumentariam um pouco mais de 8% em relação ao ano de 2017.

Dado esses números, os primeiros seis meses de 2018 são obrigados a ser com grandes números para a imigração canadense, tendo o Express Entry em particular. Olhando para trás em 2017, este período viu uma grande corrida de ITAs do Express Entry e uma queda acentuada nas pontuações CRS. Com alvos mais altos estabelecidos para 2018, isso poderia significar mais empates e ainda menores índices de corte.

2018 pode ser o ano em que muitos candidatos a imigrar para o Canadá poderão alcançar o seu grande sonho de se transformar em residente permanente desse país sem igual.

DESTAQUE: Onda de frio recorde pode alcançar até – 50ºC no Canadá.

E você, gostaria de imigrar para o Canadá? Já sabe quais serão os passos que você irá traçar para a sua jornada? Clique aqui, converse com nossa consultora de imigração regulamentada pelo governo canadense para que ela possa te ajudar.

E não se esqueça, deixe o seu comentário a seguir, é importante para nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »