A taxa de desemprego em novembro no Canadá foi a mais baixa em décadas

A taxa de desemprego do Canadá caiu para seu ponto mais baixo em quase uma década em novembro de 2017, aponta novo relatório emitido pela Statistics Canada’s new Labour Force Survey reports.

A taxa de desemprego do Canadá em novembro foi de 5,9%. A última vez que atingiu essa marca foi em fevereiro de 2008.

Os números mostram que o emprego aumentou pelo segundo mês consecutivo em novembro, com a adição de 80 mil novos empregos em todo o Canadá. A grande maioria desses novos empregos foram em período integral.

Voltando aos 12 meses anteriores, o Canadá ganhou 390 mil empregos em tempo integral, com um aumento de 2,1%.

Os grupos demográficos que mais se beneficiaram com o aumento do emprego foram homens de 25 a 54 de idade, jovens de 15 a 24 anos e mulheres de 55 anos ou mais.

Ontário ficou em primeiro lugar na geração de empregos

As províncias canadenses que viram um aumento no emprego em novembro foram Ontário, British Columbia, Quebec e Prince Edward Island. As outras províncias do Canadá também tiveram aumento mas de forma mais tímida em suas taxas de emprego.

Ontário liderou com 44 mil novos empregos criados em novembro, principalmente nos negócios de atacado e varejo. Como resultado, a taxa de desemprego de Ontário caiu para 5,5%, a mais baixa desde 2000.

Statistics Canada’s informa que Ontário tem visto uma tendência descendente em sua taxa de desemprego desde o início de 2016, com ganhos de emprego ano a ano totalizando 181 mil, ou 2,6%, com trabalhos em período integral.

British Columbia ficou em segundo lugar em novembro, ganhando 18 mil empregos, a maioria para período integral. Em 4,8%, a taxa de desemprego de BC foi a mais baixa do Canadá em novembro.

Quebec adicionou 16 mil empregos em novembro, aumentando sua taxa de emprego pelo segundo mês consecutivo. A maioria desses empregos foram criadas na industria e construção. A taxa de desemprego de novembro em Quebec foi de 5,4%, a menor registrada desde janeiro de 1976.

A maioria dos ganhos da força de trabalho foram para atacado e varejo

Dos 80 mil empregos criados em novembro, 39 mil foram criados no setor atacadista, que registrou um aumento de 3% no emprego nos últimos 12 meses.

Os trabalhos da indústria também aumentaram, com 30 mil criados em novembro. A Statistics Canada’s diz que essa tendência tem sido consistente em relação a 2017.

O setor de serviços educacionais ganhou 21 mil empregos em novembro, juntamente com 16 mil empregos na construção.

O Inquérito sobre a força de trabalho de novembro segue os dados mais recentes do censo de 2016 no Canadá , que mostrou que os imigrantes constituíam quase 25% da força de trabalho canadense em 2016. Observados a nível regional, os dados do censo mostraram que os imigrantes constituíam metade de todos os trabalhadores de Toronto, Ontário a maior cidade do Canadá e 43,2% dos trabalhadores em Vancouver, British Columbia, em 2016.

DESTAQUE: Top 100 empregos no Canadá até 2022

E você, gostaria de trabalhar no Canadá? Já sabe quais serão os passos que irá traçar para a sua jornada? clique aqui, converse com nossa consultora de imigração regulamentada pelo governo canadense para que ela possa te ajudar.

E não se esqueça, deixe o seu comentário a seguir é importante para nós.

fonte: cicnews.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »