Isenção do processo de LMIA?

O segmento de TI sempre abriu muitas demandas de trabalho para imigrantes que querem trabalhar no Canadá. A novidade recentemente divulgada é que os especialistas e consultores deste segmento estão solicitando um aumento substancial do número total de novos imigrantes com estas habilidades para o país.

Conforme o The Advisory Council on Economic Growth – Conselho Consultivo para o Crescimento Econômico, deverá ser solicitado um aumento de 50% na imigração para 450.000 pessoas por ano ao longo de cinco anos. Os mais beneficiados são os trabalhadores qualificados e empresários – estes terão um acesso mais fácil ao Canadá.

Todas estas ações deverão servir para estimular a economia a curto e longo prazos. Na verdade, esta é apenas uma proposta de investidores deste setor, mas o governo canadense há algum tempo tem estudado medidas para estimular as áreas de tecnologia no país. Mesmo que o país venha crescendo como nunca antes da sua história, ainda há demanda por especialistas em tecnologia.

Um processo mais ameno para as indústrias de tecnologia

Há muito tempo a elite do segmento de tecnologia vem se mostrando frustrada com as normas de imigração – muitos creem que é isso o que impede que ótimos especialistas imigrem para o Canadá e supram a mão de obra deficitária e o contínuo envelhecimento da população.

Diante desta frustração, os empresários do setor têm pressionado o governo canadense a facilitar o processo de contratação de imigrantes, tornando-o mais suave. Uma das pautas solicitadas é que as empresas de TI fiquem isentas da Avaliação de Impacto no Mercado de Trabalho (LMIA). Isso tornaria muito mais fácil para as empresas do setor contratar imigrantes qualificados.

Para quem não sabe, o processo LMIA é o que garante que os cidadãos canadenses e residentes permanentes tenham a oportunidade de se candidatar a vagas de emprego abertas antes de estrangeiros podem ser contratados. Ou seja, se um residente permanente ou um canadense nativo não seja contratado, aí sim um imigrante pode ser.

Se o governo acatar, o segmento deve crescer sem precedentes no país, pois as indústrias devem investir muito em desenvolvimento de novos produtos. E o mais interessante: isso pode abrir precedente para outros setores produtivos fazerem o mesmo.

DESTAQUE: Veja mais sobre o processo de imigração por estudo no Canadá através deste link.

Gostou da matéria? O que acha desta estratégia de isenção do processo de LMIA? Deixe um comentário!

 

1 Comentário

  1. Egberto Reynaldo Guaracho Leonardo disse:

    Eu gostaria de migrar para o canada mas o meu perfil nao ajuda. Sou ex funcionario publico ; Aposentado ; ex professor eventual da rede publica ; curso superior completo em Ciencias Sociais ; solteiro sem filhos ; ingles biggner 2 pela ILAC TORONTO 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »