Parque Nacional Banff – Vem que eu lhe mostro!

Aprovado a isenção de visto para brasileiros no Canadá
02/11/2016
College – Imigração através dos estudos é o melhor caminho?
05/11/2016
Show all

Parque Nacional Banff – Vem que eu lhe mostro!

O Parque Nacional de Banff é um dos cartões postais mais atrativos e pitorescos de todo o Canadá. Em uma paisagem inebriante de pinheiros, fontes termais e águas azuis, a vida selvagem pode ser preservada e o turista pode entrar em contato com seus instintos mais íntimos e se reconectar com a natureza. É uma visita imperdível a qualquer turista ou imigrante!

Conheça o Parque Nacional de Banff

O Parque Nacional de Banff faz parte das famosas Montanhas Rochosas, sendo que Banff, que leva no nome, é na verdade uma das cidades da Província de Alberta. É oficialmente o primeiro parque natural do Canadá, e recebeu em 1985 o título de Patrimônio mundial pela Unesco.

Banff

A extensão do Parque Nacional de Banff possui uma área de 6.641 km² e contém mais de 1.600 quilômetros de trilhas e está localizado entre 120 – 200 quilômetros ao oeste de Calgary. Além da vida selvagem – é um santuário de ursos de diversas espécies, aves, peixes, lobos, pumas, alces, diferentes tipos de roedores e muito mais – o Parque Nacional de Banff possui uma ótima infraestrutura com hotéis, teleféricos, passeios, museus, pistas de esqui, estações de águas termais, etc.

Banff

Entre as belezas naturais que você não pode deixar de conhecer estão a Cave and Basin National Historic Site – com seus vários túneis e escadas que levam a uma rede de cavernas de mais de três quilômetros de profundidade. É a menor das nove fontes termais sulfurosas está localizada na parte nordeste da Sulphur Mountain.

Banff

E sobre a Sulphur Mountain – a montanha, cujo nome deriva do latim “enxofre” – é imponente e belíssima, sempre com o topo nevado. O turista pode usar o bondinho que o levará até às alturas, ou seja, seus com 2.285 metros.

Sulphur Mountain

Aproveite e conheça também a Mount Rundle, uma pitoresca e pequena montanha com uma vista de tirar o fôlego, e a Cascade Range, com montanhas maiores, sendo que apenas uma parte está localizada no Canadá (a outra está no território americano). Esta cadeia de montanhas faz parte do círculo de fogo do Pacífico, sendo que algumas delas são vulcânicas.

Os lagos e quedas d’água são uma atração à parte. O Lago Minnewanka, cujo nome significa água dos espíritos, está localizado na parte oriental do Parque Nacional de Banff, sendo o maior lago, em extensão, nos parques das Montanhas Rochosas Canadenses.

Banff

Já o Lake Louise, que recebeu o nome como homenagem à Princesa Louise Caroline Alberta, filha da rainha Victoria, tem a coloração verde esmeralda, comum em águas oriundas de geleiras, e possui 2,5 km de extensão e 90 metros de profundidade.

Banff

É possível patinar neste lago no inverno. É um dos principais cartões postais do Canadá. O acesso é fácil, pois está localizado ao lado do famoso Fairmont Chateau Lake Louise, um hotel de luxo de 4 estrelas.

DESTAQUE: Estudar Canadá – 10 dicas matadoras para você turbinar o seu inglês!

Parque Nacional de Banff – O que fazer?

Além de conferir de perto a vida selvagem e as belíssimas paisagens canadenses, há muito o que fazer no Parque Nacional de Banff. O Fairmont Banff Springs Hotel, é um hotel de luxo fantástico, ao estilo dos castelos escoceses, com o detalhe de estar localizado em plena natureza selvagem, próximo às Bow Falls (quedas d’agua), das fontes termais e do Mount Rundle. Dizem que o hotel é assombrado!

Banff

Já as Banff Upper Hot Springs é um complexo de piscinas com fontes termais ao ar livre. Ficam localizadas em uma paisagem privilegiada com pinheiros e montanhas. Há ainda milhares de trilhas em toda a extensão do Parque Nacional de Banff, como a Banff Sidewalk, que leva ao Sanson’s Peak (o topo da montanha e à uma estação meteorológica desativada), além do Banff Park Museum – construído em 1903, com exposição sobre a cultura local, fauna, flora e minerais.

Banff

O turista pode praticar trekking, passear de três ou de barco, fazer piqueniques, esquiar e tirar milhares de fotos!

Veja também: Halloween – Que o terror comece!

Gostou da matéria? Já visitou o Parque Nacional Banff? Deixe um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »