10 coisas que você não sabe sobre imigrar para o Canadá

Consultoria em imigração para o Canadá – Quais as vantagens?
07/11/2016
Parents and Grandparents Program 2017 – As aplicações começam em janeiro
15/11/2016
Show all

10 coisas que você não sabe sobre imigrar para o Canadá

imigrar para o Canadá

Há muitas coisas que nem todo futuro imigrante sabe sobre o Canadá. Estas situações podem esconder erros e frustrações quando são do desconhecimento do imigrante. Confira 10 coisas que você ainda não sabe sobre imigrar para o Canadá e saiba o que fazer e o que não fazer em seu processo imigratório!

1) Cada província tem as suas regras para imigrar para o Canadá

É um erro pensar que o Canadá, assim como outros países, tem uma regra única e centralizada sobre todo o processo imigratório. Desde a oferta de emprego às condições de permanência, há diferenças entre cada província. Quando o imigrante contrata uma consultoria em imigração – saiba mais sobre este serviço lendo esta matéria na íntegra – ele desvela um novo mundo de possibilidades para imigrar para o Canadá. Planeje melhor o seu processo considerando estas diferentes regras.

2) Não basta estudar para passar no IELTS para imigrar para o Canadá

O IELTS é apenas um dos desafios que o imigrante terá que superar para ter uma experiência bem sucedida no Canadá. O Express Entry exige a pontuação mínima em cada uma de suas rodadas para ter acesso ao visto. Contudo, isso não será suficiente nem dará garantias de que consiga se expressar fluentemente na sua rotina diária no Canadá se for aprovado. Estude muito, o máximo que puder, e pratique o idioma se imigrar para o Canadá. Passar no teste é importante, mas não é tudo. Veja mais sobre o teste de idiomas aqui.

3) Aprenda a lidar com uma nova cultura para imigrar para o Canadá

Quando se imigra, é importante entender que o novo país tem uma cultura nem sempre semelhante com a sua e é você quem precisa se adaptar. Afinal, o visitante é você. Muitos brasileiros não conseguem se adaptar à cultura canadense e um dos principais problemas é não estar aberto para um novo estilo de vida. Muitos ainda têm a pretensão de que é o canadense que tem que se adaptar ao visitante, e não o contrário. Conheça bem a cultura canadense antes mesmo de viajar e veja mais sobre o clima, a organização das cidades e sociedade, os relatos de quem imigrou para lá e faça ainda uma autoanálise se este é o momento certo para deixar as suas raízes e ganhar asas.

4) Não vá apenas com o mínimo de dinheiro para imigrar para o Canadá

Faça um planejamento financeiro do seu processo imigratório se deseja imigrar para o Canadá. Se não planejar com assertividade, o dinheiro pode acabar e seu sonho também. Para se ter uma ideia, quando o imigrante é solteiro a quantia mínima exigida é CAD$ 12,474. Para o casal, é CAD$ 15.530, mais CAD$ 3,361 para cada dependente. Em Quebec os valores são diferentes. Mesmo assim, isso não é o suficiente. É sempre indicado ter à disposição pelo menos um ano de despesas e uma quantia para o retorno seguro e confortável, caso não se adapte à cultura canadense.

5) Tenha a certeza de que quer imigrar para o Canadá

Você não precisa imigrar para o Canadá – ou para qualquer outro lugar – se este não for o seu objetivo e se não estiver seguro quanto a isso. O primeiro passo é fazer esta avaliação antes de iniciar o processo.

imigrar para o Canadá

imigrar para o Canadá

6) Você sabe a hora certa para imigrar para o Canadá?

Um dos maiores problemas do imigrante brasileiro continua sendo a adaptação ao clima, principalmente nos meses de inverno intenso. Entre os meses de maio e agosto o clima é mais ameno. É mais fácil de explorar a região onde irá ficar quando o clima colabora. Pode ser frustrante para um brasileiro ir no inverno – seja para se aclimatar ou para visitar melhor a sua região.

7) Nem tudo são flores na hora de trabalhar

Mesmo que você tenha uma boa pontuação no sistema de pontos por educação, qualificações e experiência de trabalho, quando você começa a trabalhar de verdade dentro do Canadá, esta pontuação do processo imigratório nem sempre conta muito. Uma coisa é você passar no visto, outra é o seu dia a dia no país – prepare-se desde já para batalhar muito por um lugar ao sol. É claro que isso não é uma regra e há segmentos em que um profissional bem qualificado e diferenciado pode ser contratado rapidamente – como é o caso das áreas de TI – Tecnologia da Informação. Consulte outras áreas em ascensão para os próximos processo nos próximos anos com nossos consultores clicando aqui.

8) O Canadá tem um custo de vida bem alto

Os salários são bons, há oportunidades de trabalho, mas não se engane, pois o custo de vida é alto, principalmente nas metrópoles, o que acontece em todos os países do mundo. Cabe ao imigrante estar ciente de que algumas contas (como aluguel, por exemplo) podem significar uma boa parte do orçamento. Além disso, os salários são compatíveis com os passivos.

9) Aproveite o Canadá!

O Canadá tem muito mais a oferecer que trabalho e estudo de qualidade. Há muitos parques, peculiaridades gastronômicas, atrações e eventos, cidades belíssimas para conhecer e até mesmo o próprio canadense pode ser um atrativo a mais.

10) Consultoria em imigração faz a diferença

A consultoria em imigração pode ser uma ótima solução para imigrar com segurança e garantindo as melhores oportunidades de trabalho ou de estudo no Canadá. O Portal Canadá possui à sua disposição consultores de imigração são regulamentados pelo Immigration Consultants of Canada Regulatory Council (ICCRC) e tem experiência nas mais diversas áreas da educação e imigração canadense. Converse com nossos consultores neste link!

Gostou da matéria? Já conhecia estas dicas? Deixe o seu comentário!

E você, gostaria de imigrar para o Canadá? Precisa de ajuda? Nos mande uma mensagem neste endereço de e-mail: info@portalcanada.com, será um prazer para nós poder lhe atender! E não se esqueça de deixar o seu comentário em nosso artigo, ficaremos muito felizes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

If you agree to these terms, please click here.

Translate »