Morar no Canadá começando do zero!

Orçamento Federal fornece financiamento adicional para programas de trabalhadores estrangeiros.
01/04/2017
5 mil vagas para programa de trabalhadores qualificados no Quebec.
07/04/2017
Show all

Morar no Canadá começando do zero!

A imigração é o sonho de muitos brasileiros que desejam conhecer novas culturas ou simplesmente respirar outros ares. Porém, muitos desistem quando começam a pesquisar sobre o assunto por achar ser um processo complicado demais, por pensarem que é um bicho de sete cabeças. De fato, conseguir morar em outro país requer um perfil “adequado” e certo investimento, mas se esse for realmente um sonho, todo o trabalho irá valer a pena.

Agora iremos apresentar alguns requisitos e questões que devem ser levantadas para que se consiga de fato morar em outro país, no caso o Canadá.

Definir tempo de estadia é essencial.

“Amo o Brasil, mas quero conhecer uma nova cultura e um novo país” ou “Odeio o calor brasileiro e quero ir para um lugar mais frio como o Canadá”, definir qual é o objetivo é importante para identificar como será o processo de imigração. Basicamente todo o processo de mudança para outro país separa estudantes de residentes permanente. No Canadá, estudantes colleges não podem trabalhar por mais de 20 horas semanais durante os estudos e 40 horas nas férias, já residentes possuem o direito por período integral de 40 horas semanais.

Qual o seu perfil? Deseja estudar primeiro em um college e depois imigrar para o Canadá ou vai vir direto? Definir esse fator irá direcionar você ao melhor meio de conseguir o que quer, afinal existem diversos programas de imigração, onde cada perfil pode se encaixar melhor em um tipo de programa.

Requisito máximo: o idioma.

Por mais que existam cursos de idiomas no Canadá (nesses casos de imigração os estudantes não podem trabalhar para se sustentar) o inglês ou francês é extremamente importante para a ambientação na região escolhida e é requisito para programas de imigração. Portanto, falar os idiomas, irá abrir portas para universidades, cursos, empregos melhores e até para um visto permanente no Canadá.

Mas no Canadá vou ter que falar os dois idiomas? Sim, seria o melhor caminho, pois quem tem proficiência nos dois idiomas irá ganhar a partir do dia 06/06/2017 pontos extras para o express entry, o processo federal de imigração para o Canadá, o francês está mais presente na região de Quebec. Se este for o destino é importante aprender a “língua do amor”como primeira escolha, do contrário o inglês em primeiro. E aprender os dois para garantir maior pontuação no express entry caso imigrar for sua intenção e for necessário garantir essa pontuação extra..

É preciso investimento.

O processo de imigração, na grande maioria dos casos, pode sair um pouco mais caro do que o esperado. Obviamente tudo irá depender de qual programa de imigração para o Canadá foi escolhido para fazer a mudança, mas na maioria dos casos o Governo Canadense irá avaliar se o candidato a residente (temporário ou não) tem condições de se sustentar até arranjar um emprego.

Outros custos também são necessários para adquirir certos documentos ou para traduzir alguns deles, sem falar nos custos de viagem, alimentação, moradia, etc. É importante conhecer bem o programa de imigração e planejar financeiramente essa mudança.   

No final, tudo irá depender da organização, do planejamento e da vontade de querer passar por toda essa mudança. A imigração é algo que pode facilitar muito a vida de quem a está fazendo, ainda mais para um país como o Canadá que é conhecido por acolher seus residentes e por trazer diversas oportunidades a eles.

DESTAQUE: 3 fatos que fazem o Canadá valer a pena!

E você, já está de mudança para o Canadá? Já decidiu qual vai ser o melhor caminho para você, qual processo se encaixa melhor para o seu perfil? Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »